O inverno chegou e com ele o frio e a baixa umidade do ar. Além das inúmeras doenças decorrentes deste clima, recomendamos uma atenção especial aos seus olhos!
As doenças oculares também aumentam neste período, decorrentes do clima seco. Uma simples gripe pode contribuir para a evolução de uma infecção bacteriana ou virótica nos olhos levando ao aumento dos casos de conjuntivite.
Quando um quadro gripal provocado por um vírus evolui para uma conjuntivite, também conhecido como febre faringoconjuntival (febre baixa, dor de garganta, congestão nasal, associado à uma conjuntivite -lacrimejamento, hiperemia ocular leve, pouca secreção ao acordar), não precisamos de um tratamento muito específico além dos convencionais.
Porém a possibilidade de uma infecção bacteriana não pode ser descartada e devemos aumentar nossa atenção e cuidados caso os quadros evoluam.

A melhor forma é se prevenir, evitando o contágio.

Separamos algumas dicas:
– Mantenha as mãos sempre bem lavadas, com uso de álcool em gel;
– Evitar o compartilhamento de toalhas, óculos, maquiagens e outros utensílios;
– Lavar antes de usar e deixar secar ao sol blusas e cobertores de frio que estavam guardados, pois podem ter poeira, ácaros, bactérias e outros insetos escondidos;
– Tente manter o ar de casa úmido (pode-se usar umidificador). Limpe o máximo de poeira possível.

Em caso de suspeita de conjuntivite, o Instituto da Visão sempre recomenda uma avaliação correta que deve ser realizada por um médico para determinar o melhor tratamento a ser seguido. Não coloque em risco sua visão e previna-se corretamente!

Desejamos um inverno de muita saúde a todos!

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
WhatsApp chat