A miopia, ou vista curta, é um erro refrativo que significa que o olho não dobra ou refrata corretamente a luz a um único foco para formar as imagens claramente. Na miopia, os objetos próximos são vistos perfeitamente, mas os que estão distantes aparecem borrados. É uma condição comum que afeta cerca de 25 por cento dos norte-americanos. Trata-se de uma disfunção de foco ocular, não de uma doença.

miopia

Miopia em crianças

A miopia é hereditária e é muitas vezes descoberta em crianças que estejam na faixa de oito a doze anos de idade. Durante a adolescência, quando o corpo cresce rapidamente, a miopia pode piorar. Já entre os 20 e 40 anos, geralmente há pouca mudança. Essa disfunção também pode ocorrer em adultos.

Alta miopia

Se a miopia for leve, ela é chamada de baixa miopia. Se for grave, é conhecida como alta miopia. A alta miopia normalmente irá se estabilizar entre os 20 e 30 anos de idade. Você pode corrigi-la facilmente com o uso de óculos, lentes de contato ou, em alguns casos, com cirurgia refrativa.

Pacientes com miopia têm maior risco de desenvolver um descolamento de retina. Peça ao seu oftalmologista para discutir os sinais de alerta de um descolamento de retina com você, caso esteja nessa categoria de risco. Se o descolamento de retina for descoberto cedo o suficiente, um procedimento cirúrgico provavelmente poderá repará-lo. É importante realizar exames oftalmológicos regulares para observar alterações na retina que possam levar ao seu descolamento.

Pessoas com alta miopia também podem ter um risco acima da média de desenvolver glaucoma e catarata.

Causas da miopia

Para que os nossos olhos sejam capazes de ver, os raios de luz devem ser dobrados ou refratados pelo filme lacrimal, córnea e cristalino a fim de que eles possam se concentrar na retina, a camada de células sensíveis à luz que reveste a parte de trás do olho. A retina recebe a imagem formada por esses raios de luz e a envia para o cérebro através do nervo óptico que é, na verdade, parte do cérebro.

A miopia ocorre quando o olho é mais comprido do que o normal ou tem uma córnea (janela frontal transparente do olho) muito íngreme. Como resultado, os raios de luz se concentram na frente da retina e não sobre ele. Isso permite que você enxergue perfeitamente os objetos próximos, mas os que estiverem distantes aparecerão desfocados.

Os sintomas da miopia

Alguns dos sinais e sintomas da miopia incluem fadiga ocular, dores de cabeça, olhos “apertados” para enxergar melhor e dificuldade para ver objetos distantes, tais como: sinais de trânsito ou um quadro negro na escola.

Os sintomas da miopia podem ser aparentes em crianças que tenham entre oito e doze anos de idade. Durante a adolescência, quando o corpo cresce rapidamente, a miopia pode piorar. Já entre os 20 e 40 anos de idade, geralmente há pouca mudança.

Diagnóstico da miopia

Seu oftalmologista pode diagnosticar a miopia através de um exame oftalmológico completo. Ele irá determinar se você tem miopia realizando um teste de visão padrão, onde você será convidado a ler as cartas de um gráfico colocado em outra extremidade da sala.

Se o teste de visão mostrar que você é míope, seu médico irá utilizar determinados equipamentos para saber o que está causando sua miopia. Enquanto ele emite uma luz especial em seus olhos, um retinoscópio será usado para ver como essa luz reflete da sua retina. Como a luz é refletida de volta a partir da parte interna do olho, ela poderá indicar se você tem miopia ou hipermetropia.

Seu médico também usará o foróptero, um instrumento que determina a quantidade de erros de refração que você tem e ajuda a determinar a prescrição adequada para corrigi-los.

Tratamento da miopia

Não existe o melhor método para corrigir a miopia. A correção mais adequada para você depende de seus olhos e de seu estilo de vida. Discuta esses pontos com seu oftalmologista para decidir qual correção pode ser mais eficaz para você.

Óculos e lentes de contato são os métodos mais comuns para corrigir sintomas de miopia. Eles trabalham reorientando os raios de luz na retina, compensando a forma de seu olho. Óculos também podem ajudar a proteger os seus olhos dos raios ultravioleta (UV). Também é possível comprar um revestimento de lente especial que filtra a luz UV.

Em muitos casos, as pessoas podem optar pela correção da miopia através do LASIK ou de outra forma similar de cirurgia refrativa. Esses procedimentos cirúrgicos são usados para corrigir ou melhorar a sua visão através do remodelamento da córnea, ou superfície frontal do olho, ajustando de forma eficaz a capacidade de foco dos seus olhos.

Você já deve ter ouvido falar de um processo chamado ortoqueratologia para tratar a miopia. Ele usa uma série de lentes de contato rígidas para achatar gradualmente a córnea e reduzir o erro refrativo. A melhora da visão é, no entanto, temporária. Após o uso das lentes ser descontinuado, a córnea volta à sua forma original e a miopia retorna.

Não há nenhuma evidência científica que sugira que exercícios oculares, vitaminas ou pílulas podem prevenir ou curar a miopia.

 

Fonte: www.aao.org