A ambliopia ocorre quando a visão de um ou de ambos os olhos não se desenvolve adequadamente durante a infância. Também chamada de “olho preguiçoso”, a ambliopia é um problema comum em bebês e crianças pequenas.

A visão da criança é desenvolvida nos primeiros anos de vida. É importante que a ambliopia seja diagnosticada e tratada o mais cedo possível. Caso contrário, uma criança com ambliopia não desenvolverá sua visão normalmente, de forma saudável.

Ambliopia: Qual a causa do olho preguiçoso?

A ambliopia pode se desenvolver a partir de outros problemas de olho e visão. Aqui estão algumas condições que poderão causar a ambliopia em uma criança:

Estrabismo

Ocorre quando os olhos apontam em duas direções diferentes. Um olho pode estar focado para a frente enquanto o outro está para dentro, para fora, para cima ou para baixo. Para evitar uma visão dupla, o cérebro da criança poderá ignorar a imagem do olho que não estiver focada para a frente, mas isso poderá fazer com que esse olho não se desenvolva corretamente.

Os erros de refração

Ter um erro refrativo significa ser míope, ter hipermetropia ou astigmatismo (visão distorcida ou embaçada). Uma criança pode ter um erro de refração que seja pior em um dos olhos. Esse olho pode se “desligar” e a visão não se desenvolver adequadamente. Isso pode ser difícil de detectar já que a visão da criança parecerá estar bem ao usar ambos os olhos.

Nebulosidade nas partes normalmente transparentes do olho

Algumas crianças nascem com uma catarata, onde a lente do olho, que normalmente é transparente, está embaçada. Isso pode fazer com que a visão não se desenvolva adequadamente nesse olho.

Ambliopia: diagnóstico do olho preguiçoso

Seu filho pode não estar ciente de que possui a visão melhor em um dos olhos. E você não tem como descobrir este fato a menos que seu filho tenha estrabismo ou outro problema ocular que você possa ver.

Os oftalmologistas diagnosticam a ambliopia verificando se a visão difere entre os dois olhos. Para verificar a visão de uma criança ou de um bebê, o oftalmologista pode cobrir um dos olhos da criança e observar o quão bem ela consegue seguir um objeto em movimento. O médico também pode observar como a criança reage quando um olho é coberto. Se um olho tem ambliopia e o outro é coberto, a criança pode tentar olhar acima ou abaixo do protetor ocular, retirá-lo ou chorar.

O oftalmologista fará um exame médico especializado à procura de outros problemas oculares que possam estar afetando a mesma .

Uma visão baixa em um dos olhos nem sempre significa que criança tenha ambliopia. Em alguns casos, o uso de óculos para corrigir um erro de refração de um dos olhos pode melhorar a visão.

Quando a visão de uma criança deve ser testada?

Todas as crianças devem ter sua visão verificada pelo seu pediatra, médico de família ou oftalmologista até o seu 4° aniversário. Se houver histórico familiar de olhos desalinhados, catarata na infância ou de grave doença ocular, o oftalmologista deve verificar seus olhos enquanto ainda são bebês.

A maioria dos pediatras testa a visão como parte do exame médico de rotina da criança. Se virem qualquer sinal de problema nos olhos, eles poderão encaminhar a criança a um oftalmologista para mais testes.

A ambliopia: tratamento para o olho preguiçoso

A ambliopia é geralmente corrigida fazendo com que a criança use seu olho mais fraco. Isso pode ser feito colocando-se um protetor ocular sobre o olho mais forte da criança. Outra forma de fazer isso é deixando a visão embaçada no olho mais forte através do uso de colírio. Ou a criança poderá usar óculos com uma das lentes embaçando sua visão nesse olho.

Pode levar várias semanas a vários meses para que a visão fique mais forte no olho mais fraco. Uma vez que a criança tenha melhorado a visão nesse olho, ela poderá precisar usar um tapa-olho em tempo parcial por alguns anos. Isso ajudará a manter sua visão mais forte.

Em alguns casos, o oftalmologista irá recomendar a cirurgia para corrigir determinados problemas oculares que estejam causando a ambliopia. Após a cirurgia, é possível que a criança precise continuar usando um protetor ocular ou um oclusor que cubra seu olho forte até que sua visão melhore.

É possível evitar a perda de visão por conta da ambliopia, mas o tratamento só funciona se o paciente usar apenas o olho mais fraco para ver. As crianças não gostam de ter seu olho mais forte coberto ou com a visão turva. No entanto, você precisa ajudar a criança a fazer o que é melhor para ele.

Tratando a ambliopia para uma visão melhor ao longo da vida

Quando uma criança tem ambliopia, é importante tornar mais forte a visão do olho mais fraco. Mesmo que os problemas oculares causadores da ambliopia sejam corrigidos com óculos ou cirurgia, a própria ambliopia deverá ser tratada. Se não, a criança poderá ter problemas de visão ao longo da vida.

 

Fonte: www.aao.org