Tel. (31) 3431-8000 | 3431-8001 • Fax (31) 3431-8002 • Email: ivisao@ivisao.com EnglishPortuguese
 
  • Comprometimento com a Saúde do Paciente

  • Centro de Referência no Brasil e na América Latina

  • Excelência em Cuidados Oftalmológicos

Retinopatia Diabética

As lesões nos vasos sanguíneos da retina causadas pelo diabetes constituem a chamada Retinopatia Diabética.

 
LEIA MAIS >

Degeneração Macular

Doença que acomete a mácula, pequena área no fundo do olho, que permite enxergar claramente pequenos detalhes.

 
LEIA MAIS >

Descolamento da Retina

O descolamento de retina ocorre quando há separação entre a retina e as outras camadas da parte interna do olho.

 
LEIA MAIS >

Vitrectomia

Procedimento cirúrgico com o qual é possível tratar diversas doenças oculares da retina e do vítreo.

 
LEIA MAIS >

Catarata

A catarata é a opacificação do cristalino, que é uma lente natural, transparente, presente no olho.

 
LEIA MAIS >

EM DESTAQUE

 

42-congressoApresentação de Palestras no 42º Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo

O Prof. Márcio Nehemy participou do 42º Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Retina e Vitreo (SBRV), realizado nos dias 06 a 08 de abril de 2017 , no Rio de Janeiro.

Leia Mais >>

CURIOSIDADES

 

Com que idade a criança deve ser examinada?

Logo após o nascimento, o exame da criança (teste do olhinho) é muito útil para identificar causas importantes de baixa de visão, por alterações no reflexo pupilar. Entre essas causas, incluem-se a catarata, o retinoblastoma e outras doenças da retina.  Após esse exame, feito rotineiramente nos berçários, a criança deve ser examinada aos 3 e 5 anos por um oftalmologista. Em qualquer idade, entretanto, os pais podem ter uma avaliação aproximada da visão da criança ocluindo alternadamente os olhos e verificando se existe alguma reação. Se a criança chora, ou retira a mão dos pais, quando um dos olhos é ocluido, é possível que essa criança tenha deficiência de visão em um olho, e que o olho com boa visão tenha sido ocluído. Qualquer alteração na visão da criança, assim como qualquer aspecto diferente na aparência dos olhos,  requerem a avaliação de um oftalmologista.

Veja Mais Dicas >>